12.5.12

Quanto vale um brigadeiro?

 Imagem Ilustrativa - Google Imagens

Esses dias recebi a mensagem de uma amiga, também Confeiteira, que estava triste e desanimada com a desvalorização que alguns clientes tem com o nosso trabalho. E hoje, me deparo com a seguinte pergunta em um e-mail :

“Gostaria de saber quantas latas de leite condensado vocês usam para fazer o cento do brigadeiro. Antes de encomendar quero fazer alguns cálculos e saber se o preço que vocês cobram é justo.”

Juro que fiquei chocada com este e-mail.
Como assim fazer cálculos? Preço justo? Será que ela acha mesmo que só gasto com isso para fazer brigadeiros?

Desculpe, mas a resposta para esta pessoa, e muitas outras que pensam assim, vai aqui pelo meu Blog.
Calcular o valor final dos produtos vai muito além de somar quanto se gasta com os ingredientes dele.

Vamos lá...

Para começar, o material não cai do céu direto para nossos estoques. Então vamos para a maratona de compras:

1- Super Mercado: ida ao Mercado comum para comprar alguns ingredientes como leite condensado, manteiga etc.
2- Mercado Atacadista: ida ao mercado estilo atacadista, o Sam´s Club, para comprar ingredientes como chocolate em pó, achocolatado etc.
3- Horti Fruti: ida ao Horti Fruti para selecionar ovos grandes (de verdade!) e de qualidade. Os que se vende em mercado não possuem a mesma qualidade e isso faz toda a diferença na receita.
4- Loja de Confeitaria: ida a uma loja especializada em produtos para Confeitaria para a compra de confeitos etc.
5- Loja de Material para Festas: comprar forminhas de uma boa marcada, não trabalho com qualquer uma.
6- Loja de Descartáveis: comprar embalagens e caixas para a entrega dos produtos.

Para fazer os brigadeiros, já tive que passar em seis locais diferentes e providenciar o material.
Agora, como eu vou para esses lugares?

A- Carro: gasto gasolina e estacionamento ( sem contar a manutenção do carro, mas não vou entrar nessa questão )
B- Sem carro: gasto com táxi, pois é muito peso para carregar tudo. ( fui furtada e ainda não tive tempo de ir buscar minha segunda vida da CNH, ou seja, estou a quase dois meses só gastando com taxi ).

Só com o transporte já gasto tempo e dinheiro. Sem contar quando não há em uma loja, preciso procurar em outras. E quando não há em nenhuma das lojas que confio, preciso fazer uma encomenda pela Internet.

Conclusão: perco tempo (e dinheiro) procurando o material e acabo pagando SEDEX para comprá-lo pela Internet.
Ah! E para fazer compras no Sam´s Club é preciso pagar uma anuidade para ser sócio. Mas também não vou entrar nessa questão.

Já com todo o material em mãos, vamos para a cozinha!
O que é preciso para fazer os doces além dos ingredientes?

- Utensílios: panelas, colheres, facas, espátulas, potes etc. Tudo deve ser exclusivo para o preparo dos doces.
- Uniforme: avental, touca, luvas etc.
- Luz, Água e Gás: sem isso tudo, não há como trabalhar. E nada disso é grátis, ou seja, eu uso e pago para usar.
- Materiais para louças: esponja, detergente, panos de prato etc. Temos um gasto enorme com isso, e a compra desses materiais está incluída lá na listinha do mercado. Com material sujo não dá para trabalhar, certo?

Com tudo isso já podemos fazer os doces. Já deu para ter uma idéia do enorme gasto de dinheiro e tempo que se perder só para fazer brigadeiros? São gastos bem além dos ingredientes em si. E não estou incluindo o valor da nossa mão de obra. Temos que ganhar pela mão de obra das compras (e depois de guardar e estocar tudo), a mão de obra de preparar os doces e a mão de obra terceirizada, pois quando a encomenda é grande precisamos de outros profissionais nos ajudando.

Além disso, outras questões estão embutidas no valor final de cada produto.
Agora mesmo, para escrever aqui no Blog, estou usando Internet e gastando energia. E pago para ter tudo isso.
Se não tivesse o site, não teria o Blog. Eu pago para criar o site, blog, para a manutenção e atualização deles, pago o domínio e a hospedagem para mantê-los no ar.
Contatos por e-mail e telefone, nada é grátis também. Uso linha fixa e de celular, e acreditem: todo mês chega a conta para pagar!!!
E você me conheceu através de alguns anuncio, cartão ou panfletos? Pois é, material de divulgação também não é grátis. São pagos e bem pagos!!!

Existem muitos outros exemplos que posso dar (impostos, faxineira para manter o ambiente limpo, espaço físico em que trabalhamos, ar condicionado ligado o dia inteiro para manter o ambiente fresco e a qualidade dos produtos, blá blá blá), mas vou me resumir por aqui.
Tudo isso tem um custo mensal muito grande, e que precisamos ter para oferecer um bom trabalho e serviço a todos.

Acreditem: calcular o cento de um brigadeiro é muito mais do que somar 5 latas de leite condensado + alguns gramas de chocolate e mimimi.

Eu gostaria e muito que as pessoas tivessem consciência disso.
É triste ver que o pensamento de algumas pessoas é este. Não sei se é por ignorância ou por querer desvalorizar o nosso trabalho mesmo.

Acha fácil fazer brigadeiros? Então faça você mesmo! Mas não desvalorize um PROFISSIONAL, pois ele não é como uma pessoa comum que simplesmente vai para a própria cozinha fazer docinhos, ele tem toda uma estrutura em suas costas (e gasta muito para mantê-la!).

Desculpem o desabafo. Sei que muitos não merecem ler isso, mas enquanto houver uma pessoa que mereça, eu não vou ficar calada.

E querem saber? Só pelo que citei aqui e tendo em vista que sou uma Chef formada, que vivo viajando para fazer cursos, participando de congressos, feiras e workshops, estou começando a achar que cobro até barato. rs

Tenho muito orgulho da minha profissão. Merecemos valor e acima de tudo, RESPEITO!

Beijos açucarados (e meio amargo hoje...rs)! =)

69 comentários:

Mery Anne Azevedo Doces e Chocolates disse...

Dani Parabéns pelo post!
Chocada com o tal questionamento.
E resumindo tudo o que a Dani disse o cento do brigadeiro dela custa:
5 latas de leite condensado de primeira qualidade e demais ingredientes (dependendo do sabor do brigadeiro) e ...... talento, competência, organização, paciência para lidar com pessoas sem um minimo de bom senso e muitos outros atributos que não se encontram na prateleira de um supermercado.

Danee disse...

Concordo!!!! Acho um absurdo a desvalorização que sofremos. Já recebi e-mails parecidos e fiquei arrasada.
beijocas

Thysa Amélia Jackes disse...

E os anos de experiência para chegar ao brigadeiro perfeito?

Luciane Barros disse...

É muito abuso fazer uma pergunta dessas... Que absurdo!

Larissa Paganini disse...

Que absurdo!!! Mas é assim mesmo que algumas pessoas pensam! infelizmente! pra elas, o preço de custo é o que vale...(mas esquecem de incluir custos que fazem parte da produção!!!) é de se indignar mesmo... eu trabalho com mimos para festas, e apesar de ainda não ter recebido uma pergunta dessa diretamente, já percebi nas entrelinhas... minha irmã trabalha com bolos e doces no interior, e lá parece que é pior ainda... o pessoal não sabe pagar pelo serviço diferenciado... ela sim, já ouviu até perguntas como: é feito de ouro? (rs) ela hj aprendeu, a responder, não, meu serviço tem qualidade, mas fique a vontade para fechar ou não!!!
é assim mesmo que tem que responder, você sabe o valor que tem embutido em cada bolinha daquelas...
bjs

Beatriz Dias disse...

Manda ela fazer então, ué!
Só não vale te pedir a receita!! hahaha

Giselle Barros e Graciela Mendes disse...

Só posso fazer um comentário..
CHOQUEI!!!
Parabéns pelo seu trabalho!! com certeza uma pessoa de muito sucesso!

Eliete Melita disse...

Dani, parabéns pela resposta... muitos clientes não valorizam mesmo nosso trabalho... alguns até me perguntam se posso passar a receita pois está muito caro pra comprar comigo... pode isso???
Beijossss flor!
Eliete

Tatá Borges disse...

Apoiadissima, infelizmente a maioria das pessoas não valoriza nenhum trabalho artístico e também tem muita gente por ai cobrando miséria pra trabalhar sei lá como e com que materiais ! Sucesso

Festas e Eventos disse...

Vc foi PERFEITA na resposta, com muita delicadeza e educação, sentimentos que não vieram da tal

Dei palas de rir pq, tbm já passei por isso

Uma noiva visitou uma colega de profissão que cobra mais caro do que eu e, foi na minha casa pedir para eu fazer os doces escolhidos mais baratos
Os meus doces realmente eram um pouco mais barato mas, ela não se contentou e pediu um descontinho que não foi dado, claro

Sabe o que ela disse?
- Ué, mas não é só derreter o chocolate e colocar nas forminhas??? :o

Respondi:
-Se acha que é só isso, fique a vontade de orçar com outras colegas ;-D

O noivo dela ficou sem graça com a falta de ética da noiva e, 1 mês antes, eles retornaram a minha casa encomendando os meus doces e em uma quantidade maior

Ainda bem que são poucos esses anti-profissionais

Afinal, enqto eles vem com quantidade, nós somos a QUALIDADE!!!

SUCESSO FOREVER P/ TI DANIZINHA *-*

Qdo for ao RJ (em breve) quero muito ter o prazer de te conhecer.

Rsuportes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rsuportes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafa Almeida disse...

Ola Dani, passei por aqui e resolvi deixar minha marca e coments.Bem sou chef patissier (confeiteiro)formado em londres vivo e trabalho na Inglaterra e logo estarei colocando meu blog no ar.bem amei sua resposta a quem gosta de desvalorizar os profissionais mas e sempre igual a grama do seu jardim sempre e mais verde. nao e abracao se quiser trocar receitas derlialmeida@btinternet.com

Sandra Sanhudo disse...

Eu não gostei do seu desabafo...eu simplesmente ameeeeeeeeiiiii!!! Você está mega correta em tudo o q disse! Apoio, assino embaixo, compartilho e copiei e darei os devidos créditos!!!
Manda um e-mail pra mim? preciso tanto da sua ajuda para certas coisas da nossa profissão! Sou de POA / RS e já falei com vc pelo messenger, lembra q te passei uma receita de catupiry? ehehe...meu e-mail é sandrasanhudo@yahoo.com.br
Aguardo seu contato, bjos

Luana disse...

Nossa, que absurdo esse email? Como tem gente que pensa pequeno no mundo.
Excelente post!
Bjo

Drica disse...

Nossa......eu AMEI o seu texto!!Amei mesmo!!Nossa, acho que vou guardá-lo aqui e copiar trechos qdo me sentir desvalorizada!!!APLAUSOS de PÉ@@@@

Unknown disse...

OI DANI O SEU DESABAFO FOI ÓTIMO ,MAS VOU COLOCAR PRA VC O QUE ESCUTO DENTRO DE ALGUMAS LOJAS POIS HOJE EM DIAS AS PESSOAS DÃO MUITAS AULAS E MUITAS PESSOAS FAZEM ACHANDO QUE É FÁCIL GANHAR DINHEIRO FAZENDO PRA FORA, AI É QUE COMEÇA O QUE SE CHAMA CONCORRÊNCIA DESLEAL , VÁRIOS PROFESSORES FAZEM ESTA CONTA DE PEGAR O CUSTO E MULTIPLICAR POR 3 POR ISSO ENTENDO A DÚVIDA DA PRIMEIRA PERGUNTA, AI VC COMEÇA TODA EMPOLGADA E ESQUECE DE INCLUIR UTENSÍLIOS NESTE CALCULO E SÓ DEPOIS DE ALGUM TEMPO DE MERCADO VC DESCOBRE QUE NÃO É BEM ASSIM A CONTA QUE TEM QUE SER FEITA É UMA OUTRA AONDE VC INCLUI TODO ESTES ITENS QUE VC DESCREVEU , PELO ESCLARECIMENTO O SEU !!!!!

Thais disse...

Uma professora minha, há muito tempo, colocou desta maneira: uma faxineira vai à tua casa, consome tua água, luz, produtos, almoça tua comida, lancha o que tens em casa, e sai com o dinheiro limpo, sem despesas, pq já está colocado o valor da passagem. Se, depois de toda a maratona de compra, estocagem, produção, ajudantes e limpeza, tu ganhares menos, que alguém, e não estou desmerecendo a profissão deste profissional, que não fez curso nenhum, não tem que se preocupar em estar se renovando, então tem alguma coisa errada. Estou por esta linha.

Amanda disse...

Entendo Perfeitamente a indignação com a pergunta e parabenizo pelo texto explicativo cujo postei dando os devidos créditos em minha página (Dulceria) no Facebook.

Trabalhar com alimentação de qualidade, requer trabalho de pesquisa e uma correria diária traás dos melhores produtos para o resultado perfeito. Além disso, da nossa "Mão- de- obra" têm luz, gáz,tempo em fila de supermecado que voc~e saiu correndo lá nos canfundó, porquê temos comprometimento afetivo e profissional com os nosso produtos, porém, tentamos repassar o mínimo as oscilações de preço ao nosso cliente.

Mais uma vez , parabéns pelo texto.

Delícias da Juju disse...

Meninaaaa.. disse tudo.. o nosso trabalho é desvalorizado mesmo, é fácil dizer. .nossa que lindo ou então.. está uma delícia..
Pagar o que realmente vale é que é complicado..
Fora todos os gastos tem o tempo que você levou para atendê-la que também não é de graça.

Beijos.
Carol.

Elisabete Bolos Artisticos disse...

Dani, muito prazer! Fiquei impressionada com seu post. muito bom! Infelizmente, as pessoas não valorizam mesmo nosso trabalho, acham que é só ir pra cozinha e pronto, como num passe de mágica, está tudo pronto. Nosso trabalho é de muita responsabilidade, e é preciso muito conhecimento. Parabéns.

Paty Caldas disse...

Dani, parabéns pelo texto e pelo desbafo!!!
Palavras perfeitas não só pelo seu trabalho, mas por todas as outras PROFISSIONAIS que ralam e muito para manter uma boa qualidade em seus produtos!!!!
Ainda não consigo acreditar que esta cliente teve a coragem de te mandar um email desses...afff...
Parabéns mais uma vez!

Beijo super doce!!
Paty
(Paty Caldas Chocolates)

Chocolates Emanuel disse...

Dani mandou muito bem, as vezes penso até em desistir por tais pessoas. Mas por outras vale a pena continuar.

Mônica Carvalho disse...

Dani,
Parabéns!!!
O seu texto traduz tudo em relação a valorização do nosso trabalho, ou melhor a falta dela...
Nos bastidores passamos por tudo isso e ainda recebemos e-mails ou ligações com falas desagradáveis.
Em uma situação dessas uma cliente que me ligou para fazer um orçamento, também fez questionamentos "sem noção" e ao final disse que o valor era "SALGADO". Engoli minha vontade de lhe dizer algumas verdades e somente respondi:"Oh, infelizmente não posso te ajudar,pois só trabalho com DOCES!"

Desejo muito mais sucesso para ti.

Bs.

Mônica Carvalho
Sabor do Céu

Cynthia disse...

DAni!!
Eu AMEIIIII seu post. Infelizmente ainda temos clientes assim, passo sempre por isso.
E me identifiquei com seu post.

Beijo grande.

Carolina Rosa disse...

Dani, amei o seu post e compartilhei no Facebook, passei por algo muito parecido esta semana, e você disse tudo o que eu tive vontade de dizer pra cliente e não consegui... Parabéns!!! Beijos!!!

Teresa Newman Medeiros disse...

Sem comentários.
Você fez o resumo e chegou ao preço;

Cynthia Pedrosa disse...

Excelente post Dani!! disse tudo!! um absurdo tal questionamento!

Joaninha disse...

Olá Querida, cheguei até seu post através da Débora, do Ateliê Amália Marchetto. Infelizmente a falta de respeito com os profissionais estende-se por todos os tipos de prestação de serviços, mas você está certa em resumir, tão bem, o quanto trabalho vocês, Chefs, tem para nos oferecer essas maravilhas culinárias. Vocês merecem todo o nosso respeito! Beijos e Sucesso Sempre! Karina Williams Anna Joana Camisolas e Pijamas Plus Size.

sukeeta disse...

Menina que post genial, pena que as pessoas que ligam somente para fazer orçamentos, sem dar a chance à experimentação de nosso trabalho,ou que elogiam se experimentam numa festa, mas não fecham negócio conosco, não lêem um post desses. Pois elas se enxergam como vítimas dos preços abusivos.

Unknown disse...

PARABÉNS DANI!!!
SÓ QUEM SABE A DEDICAÇÃO E CARINHO PARA FAZERMOS UM BRIGADEIRO GOURMET DÁ O DEVIDO VALOR.FELICIDADES!!!

Naglê Peres Alves Nascimento Frota disse...

Nossa, perfeito... Coincidência, hoje recebi um e-mail de uma cliente perguntando quantos rotulos de bisnaga de brigaeiro eu imprimo em uma folha. As pessoas são sem noção, querem um bom produto e não querem pagar por ele.
Parabéns...

Paty a Confeiteira disse...

amei sua resposta
tem muita gente abusada
e sem noção

Ana Fontana disse...

Amei !!!!! Voce se posicionou lindamente ...e tem gente que depois de tudo ainda fala , mas precisa de tudo isso ? que exagero! Mas quer comer o que voce faz com "tudo isso" ..Parabens !

Juliana disse...

Niussa Dani! Aplausos pr vc!!!!!! Conseguiu traduzir em palavras tudo aquilo que sentimos...Vou divulgar esse post pr todos q conheço...

Clarissa Carvalho disse...

Na fotografia é exatamente igual, as pessoas pensam é só apertar um botão..e de onde vêm as cameras, lentes, tripes, cartões de memórias, caríssimos? Será q é só chegar na loja e pegar o que quiser? e o gasto com workshop?? Pessoas recebem o aquilo que pagam, se escolherem somente preço, receberam o serviço de acordo com o preço. É lamentavél.

Aline Leone disse...

Queria dizer muita coisa, mas FANTÁSTICO resume ;)

Nando Rodrigues disse...

Parabéns, você foi perfeita.

Karine Lima disse...

Você tá de parabéns,temos que dar valor ao nosso trabalho e mostrar para algumas pessoas mal informadas que não estamos brincando de cozinhar e não estamos fazendo nenhum favor a elas quando nos procura. Se estão estão achando caro, porque elas próprias não vão esquentar o bucho na beira do fogão? Também tô cansada de pessoas desse tipo, e quando encontro alguém que me diz: o preço de fulano tá melhor. A minha resposta é bem clara: Então corre e vai fazer com ela. Não dá pra gente investir horrores em cursos, equipamentos e outros e vim uma pessoa do nada e querer comparar o nosso produto de qualidade com um produto...por ex., industrializado, feito a Deus sabe como.
Bjos e mais uma vez parabéns.

Karine Lima
Bolo, docinhos e chocolates

personal eventos disse...

Meu Deus...você disse tudo o que eu queria dizer...Trabalho com assessoria de noivas e estou cansada de ouvir esses comentários também, de pessoas acharem que o trabalho é caro etc, etc...confesso que até esses dias havia desistido de continuar com a assessoria, mesmo tendo tantos elogios do nosso trabalho e mesmo sabendo que o nosso trabalho é bem feito.
Obrigada por esse texto master...vou linkar com meu face e também o meu blog.
Bjs

Ana Paula disse...

Te aplaudi de pé!

Ana Lopes disse...

Tenho uma empresa de brindes, o Atelier das Lopes, e cheguei até esse post pq volta e meia eu desabafo na internet a falta de respeito com os profissionais sérios, que precisam justificar seus preços, mediante os "iniciantes","inexperientes" e "aventureiros" que entram nesse mercado.
Sei que essa é uma escolha nossa... e de verdade, espero sempre que o Cliente possa saber valorizar nosso trabalho. Hoje em dia não fechamos mais pedido algum que seja ruim pra gente... graças a Deus podemos nos dar esse direito! E hoje em dia com as redes sociais, vejo um monte de gente metendo a boca nos fornecedores, sem que eles possam se defender... enfim... ADOREI a colocação desse post e tb vou refletir, acho que estamos cobrando barato diante disso TUDO!!!
Parabens!!!
Ana Lopes

Olha o que eu fiz... disse...

Ontem mesmo fiz uma postagem similar quanto ao abuso na área do artesanato, o que não difere muito pois seu produto também é artesanal, ou seja, não é industrializado, os custos são muito maiores, mas em compensação, a qualidade é incomparável... infelizmente esse é um país onde a lei de Gerson ainda faz escola e as pessoas se recusam, uma boa parte delas, pelo menos, a entender que excelência tem um custo e ele não é barato. Paga quem quer, quem não quer que se vire e faça sozinho e não reclame dos resultados nem tente extrair comendo pelas bordas a expertise de quem investiu tempo, dinheiro e dedicação para ter e ser um diferencial no mercado tão saturado de mesmice e porcaria.

Unknown disse...

Amiga,não liga para esse tipo de pessoa,eu já fiz docinhos para festas,sei o quanto é cansativo,já teve vez eu e minha filha,dormir 2hs da madrugada,e eu chorando de dor nas costas e braços,a minha filha por conta disso,teve problemas sério na coluna,isso as pessoas não perguntam,quanto gasto teve com remédios para tirar a dor,vá em frente,estou torcendo por vc,bjs..........

Flor de Fuxico Ateliê disse...

simplesmente amei o que vc escreveu, disse tudo o que eu gostaria de dizer quando falam sobre o preço do meu trabalho...super bjus!!!!

Ricardo Velloso disse...

Dani, tua resposta foi perfeita, mas sinceramente tu não devia perder teu tempo com esse tipo de gente, isso não é uma curiosidade mas uma pergunta maldosa. Fazendo o papel do advogado do diabo (só que não), qtos brigadeiros tu deixou de produzir pra responder pra essa criatura. Bjs, valoriza sempre o teu trabalho pois o barato sai caro, (prá nós)...

Paula Patitucci disse...

Super apoiado, Dani! Com cerimonial e decoração é a mesma desvalorização... Triste isso, viu? E muito CHATO também!!
Mas seu post está perfeito! Disse tudo que é preciso para as pessoas leigas entendam o trabalho de um profissional que respeita seu ofício e seu cliente e TOMARA que essas mesmas pessoas passem a respeitar e a valorizar o trabalho bem feito!
Beijos! SUCESSO!

Keila Laços disse...

Concordo plenamente!!!! passo pelo mesmo constrangimento em minha profissão! o povo acha que artezanato é simples, facil, barato! tem varios custos inclusos... Sempre aparece alguem pra testar a paciencia e fazer esse tipo de pergunta idiota! aff!!!
Eu acho quue o valor final pra venda desse brigadeir deveria ser bem maior do que se é cobrado!

veroka disse...

Hola queridos amigos e amigas, estes comentarios realmente sao de pessoas muito peq. que se acham o maximo fazendo estas perguntas, se valorizem e nao deem atencao, pois para ser um profissional compentente custa, talves tenha a inveja de nao poder fazer um bom brigadeiro, apesar de parecer facil tem sua tecnica. Sucesso a todos e vamos em frente

Cristiane disse...

Parabéns pela resposta, Dani! Temos que valorizar nosso trabalho. Doce abraço e sucesso sempre. Cris Rodrigues - Arte Brigadeiros

Turquezza disse...

Cheguei aqui através de um blog.
Você tem toda razão.
Na área de artesanato (não comestível) é a mesma coisa.
As pessoas não teem ideia de como é trabalhada a peça e quer pagar o preço de mercadoria da China, pode?
Vá em frente. Deixe essas pessoas que não entendem o mundo e nunca devem ter trabalhado (para saber o valor certo das coisas).
Prosperidade enorme para você.
Beijos.

Grazielle disse...

Vc está corretíssima! E o mais triste é que as x as pessoas do mesmo ramo são as primeiras a desvalorizar o trabalho. Sou "biscuiteira", e assim como todo mundo amoooo um brigadeiro bem feito que aliás, não tem preço.....

Raquel Machado disse...

Corretíssima,faço meus pães de mel,e 0,50$ que ajustei no preço foi reclamado,eu disse pro meu marido; quem achar que esta caro que não compre.Não é só fazer,tem que ter vontade, tem que gostar,tem que ser um Dom!!

Vivis disse...

Nossa vc falou o que esta engasgado na garganta de nós que trabalhamos com artesania e designer de festas infantis...
Vou compartilhar porque é muito do que sofremos...
bjsss

Gustavo disse...

Interessante seu ponto de vista, mas eu acrescentaria mais um detalhe: As pessoas quando pensam em custo de produtos pensam somente no mensurável, e se esquecem do valor que agregamos que não tem como contabilizar, tais como experiência, criatividade, responsabilidade, etc... Pessoas que pensam somente com os valores gastos devem achar que um quadro de arte não deve custar mais que R$20,00, que é o preço de uma tela e tintas vagabundos.

Alinne Silva disse...

Concordo, preço envolve muitas coisas. No inicio como recebia poucas encomendas costumava calcular baseando apenas no custo. Ai veio uma pessoa muito sábia que disse: - tia vc não pode dar um preço com base nos materiais e o trabalho que dá? Detalhe: meu sábio sobrinho tem apenas 9 anos de idade .rsss

bolos em niteroi disse...

amei tudo que você falo. não aguento mais passar por isso.

Storm disse...

Eu estou pesquisando para ver se entro neste mercado de fazer brigadeiros...e queria aprender a ver qual o custo por tras de um brigadeiro.
Seu post foi mto esclarecedor e também assustador... nao sei se desisto ou prossigo. :/

Dalete disse...

A minha vontade é de ficar em pé e bater palmas, porém não vai sair som... mas sinta-se aplaudida!!! Isso é o que todos, direta ou indiretamente precisam ouvir!
Vc ganhou o meu RESPEITO.... e olha que nem comi seus brigadeiros ainda!!! rsrsrsrs....
Bjkas

sofia disse...

sabe dani,moro no japao a quinze anos,fazia bolos para fora mas parei por causa desses comentarios.uma vez subiu a gasolina aqui,varios produtos subiram ,ou diminuiram de peso,e um truque que usam,para nao subir os precos.tive que aumentar u pouco o preco e uma cliente me perguntou se eu usava gasolina no meu bolo.voce ve a que ponto chega a ignorancia das pessoas.fiquei muito chateada e parei embora ame o que faco,agora so faco para amigas.bjos concordo em tudo com voce.

Aline Chella disse...

Já passei por isto também, fiquei tão chocada que na hora não tive resposta, mas tive vontade de esganar e indignada.
Pois realmente, ninguém valoriza o trabalho, o cansaço de quem trabalha para os outros.
Também sem contar as horas de sono e muitas vezes até sem comer para entregar a encomenda no prazo.

Prof. Samantha disse...

Fiquei impressionada com o seu texto. É maravilhoso!!! Me ajudou muito porque eu tenho medo de cobrar pelo meu trabalho e realmente qdo paramos pra pensar em todo o contexto chegamos a conclusão de que cobramos barato. Quem acha que o preço a pagar não é justo, procure outro. Somos livres pra isso.Essa pessoa é muito cara de pau. E vc me ajudou a valorizar mais meu trabalho. Parabéns!!!

othon stefanini lourenço disse...

com certeza essa resposta foi perfeita...parabens pelo seu trabalho!!!

othon stefanini lourenço disse...

com certeza essa resposta foi perfeita...parabens pelo seu trabalho!!!

VALQUIRIA NOGUEIRA disse...

Amei seu comentário/desabafo......
as vezes me sinto diminuída por esse tipo de comentário e estou aliviada por saber que não estou sozinha.

Unknown disse...

Pode ser um simples doce.. mas o preço cobrado é válido, já lutei para conseguir fazer e o mais próximo que cheguei foi ao ponto de rapadura...kkkk... sou artesã e dou meus aplausos para sua resposta bem inteligente e diplomática... bjão e sucesso..

Raphael Senna disse...

Quando começo a discutir o valor de um produto, sempre chega um

colaborador ou gerente alegando o que o valor da matéria prima utilizada, são bem menores que o valor final do produto acabado, ou que existe algum tipo de regra ( multiplicar o valor dos produtos por 3 ou 4 ).

Sinceramente, se for pra realmente montar o valor REAL de um produto, o algorítimo ocuparia 1 folha inteira de contas. Teria de ser feito em todos produtos levando em conta sua margem de contribuição, peso, valor de mercado, trabalho necessário entre outras dezenas de fatores.
A autora desse post em um blog de confeitaria deixou a duvida:
" Não sei se é por ignorância ou por querer desvalorizar o nosso trabalho mesmo."
Creio que seja um equivoco pensar que seja por ignorância, penso como uma dificuldade de raciocinar utilizando mais de 5 variáveis. A maioria das pessoas tende a não colocar no calculo nem metade dos custos de produção. Ex: o salario minimo custa R$724,00 já imaginou que o funcionário tem folga remunerada, 13º salários, 1/3 ferias, ferias, atestados, imposto, 1 a 2 horas de lanche... resumindo ele te custa pelo menos o dobro desse valor fictício... 724x2(encargos trabalhista)/22-26 dias trabalhados( 5 ou 6 dias por semana) = 55,70 - 65,80
Agora vamos dividi esse valor pelo numero de horas trabalhadas - 1 hora de lanche =
7,95 - 9,40 a hora, e o minuto?!

+ ou - 0,13 a 0,16 o minuto de um colaborador com salario minimo.
Pouco não?!

vamos agora pedir para esse funcionário fazer um suco de laranja

o kilo da laranja varia de 1,3 a 1,80 em media cada laranja pesa 150g, para se fazer 300ml de suco gastamos 3 a 5 laranjas, 1,55*0,150*4= 0,93 centavos de maldito custo de matéria prima somente! okay vamos vender por 2 e lucrar 1 certo?! Não, muito errado.
com uma maquina de espremer automática leva em media 2 ou 3 minutos para se preparar, com uma manual pula para 5 minutos,
R$0,93+ tempo da mão de obra ( R$0,75 ), OPA conta muito agora!
vamos alem? qual o imposto cobrado por esse produto? Este produto tem de me ajuda a pagar a conta de luz, água, aluguel? e o meu lucro?!
Existe maneira de cobrar menos de R$3,5 por um soco de laranja, se alguem puder me ensinar magica e gostaria muito de aprender.





Não podemos tomar como base um mercado defasado, onde a mão de obra se tornou ruim e cara. Não podemos contar nem mesmo com a presença do colaborador todos os dias. Bom mas qual o problema em trabalhar?!
A "injustiça do trabalho" é o maior exemplo de como existe o capitalista ganancioso e o empregadinho coitadinho.
O governo não quer empresários no Brasil, a indústria e varejo são atacados ferozmente por uma crise invisível, que não existe na mídia apenas no bolso.
O dragão da inflação voltou e existem pessoas que trabalham e vivem para afirmar que isso não existe. Bolha imobiliária é uma piada para corretores de imoveis, quebra de bancos e consórcios é piada para vendedores de carro.
O pior cego é aquele não quer enxergar.

Raphael Senna disse...

Quando começo a discutir o valor de um produto, sempre chega um

colaborador ou gerente alegando o que o valor da matéria prima utilizada, são bem menores que o valor final do produto acabado, ou que existe algum tipo de regra ( multiplicar o valor dos produtos por 3 ou 4 ).

Sinceramente, se for pra realmente montar o valor REAL de um produto, o algorítimo ocuparia 1 folha inteira de contas. Teria de ser feito em todos produtos levando em conta sua margem de contribuição, peso, valor de mercado, trabalho necessário entre outras dezenas de fatores.
A autora desse post em um blog de confeitaria deixou a duvida:
" Não sei se é por ignorância ou por querer desvalorizar o nosso trabalho mesmo."
Creio que seja um equivoco pensar que seja por ignorância, penso como uma dificuldade de raciocinar utilizando mais de 5 variáveis. A maioria das pessoas tende a não colocar no calculo nem metade dos custos de produção. Ex: o salario minimo custa R$724,00 já imaginou que o funcionário tem folga remunerada, 13º salários, 1/3 ferias, ferias, atestados, imposto, 1 a 2 horas de lanche... resumindo ele te custa pelo menos o dobro desse valor fictício... 724x2(encargos trabalhista)/22-26 dias trabalhados( 5 ou 6 dias por semana) = 55,70 - 65,80
Agora vamos dividi esse valor pelo numero de horas trabalhadas - 1 hora de lanche =
7,95 - 9,40 a hora, e o minuto?!

+ ou - 0,13 a 0,16 o minuto de um colaborador com salario minimo.
Pouco não?!

vamos agora pedir para esse funcionário fazer um suco de laranja

o kilo da laranja varia de 1,3 a 1,80 em media cada laranja pesa 150g, para se fazer 300ml de suco gastamos 3 a 5 laranjas, 1,55*0,150*4= 0,93 centavos de maldito custo de matéria prima somente! okay vamos vender por 2 e lucrar 1 certo?! Não, muito errado.
com uma maquina de espremer automática leva em media 2 ou 3 minutos para se preparar, com uma manual pula para 5 minutos,
R$0,93+ tempo da mão de obra ( R$0,75 ), OPA conta muito agora!
vamos alem? qual o imposto cobrado por esse produto? Este produto tem de me ajuda a pagar a conta de luz, água, aluguel? e o meu lucro?!
Existe maneira de cobrar menos de R$3,5 por um soco de laranja, se alguem puder me ensinar magica e gostaria muito de aprender.





Não podemos tomar como base um mercado defasado, onde a mão de obra se tornou ruim e cara. Não podemos contar nem mesmo com a presença do colaborador todos os dias. Bom mas qual o problema em trabalhar?!
A "injustiça do trabalho" é o maior exemplo de como existe o capitalista ganancioso e o empregadinho coitadinho.
O governo não quer empresários no Brasil, a indústria e varejo são atacados ferozmente por uma crise invisível, que não existe na mídia apenas no bolso.
O dragão da inflação voltou e existem pessoas que trabalham e vivem para afirmar que isso não existe. Bolha imobiliária é uma piada para corretores de imoveis, quebra de bancos e consórcios é piada para vendedores de carro.
O pior cego é aquele não quer enxergar.

ROSEMARY LUÍZA FRANÇA PERTILE disse...

Uhuuuuuuuuuuu, me senti aliviada lendo este post, pois, são tantas pessoas que desvalorizam nosso trabalho e que, portanto, merecem ouvir ou ler tudo isso. Muito OBRIGADA!!! DANI.